sábado, 4 de novembro de 2017

CÓRSEGA - PICOS DE BAVELLA, PORTO VECCHIO E CACHOEIRAS DE SOLENZARA

CÓRSEGA - MONTANHAS, CACHOEIRAS E TRILHAS

Cachoeiras nas montanhas da Córsega

Se vc aterrissou direto neste post, talvez seja interessante conhecer também o roteiro todo, que começou na fantástica Sardenha antes de chegar aqui na Córsega.

Picos de Bavella

Links para os posts anteriores:


a) Planejamento da viagem e do roteiro (link aqui)
b) Sardenha - Costa Esmeralda (link aqui)
c) Sardenha - Golfo di Orosei (link aqui)
d) Sardenha - Arquipélago La Maddalena (link aqui)
e) Sardenha - Sul de Olbia (link aqui)
f) Córsega - Bonifácio e Lavezzi (link aqui)

Curtindo o lado montanhoso da Córsega

Depois de ter curtido muito Bonifácio, cidade símbolo da Córsega, e as ilhas Lavezzi, havia chegado o momento de conhecer o lado montanhoso da ilha.

Bavella

Vcs devem lembrar que já havia comentado no post anterior que um dos motivos porque a ilha é chamada de "ilha de beleza" é sua capacidade de combinar com perfeição e harmonia as praias belíssimas do litoral, com as montanhas ricas em natureza e os vilarejos charmosos.

Corredeiras de águas cristalinas

Pois bem! Então, para falar do lado montanhoso, é imprescindível mencionar que a Córsega é um dos paraísos dos "trilheiros" ou "hikers". Existem trilhas para todos os gostos (pequenas, longas, escarpadas, leves, molhadas, geladas, secas etc.) e para todos os preparos físicos. 

Escolha a sua trilha - essa dava numa das cachoeiras/lagoas de Solenzara

Aliás, uma das trilhas mais famosas do mundo, chamada G20, marca presença na ilha. Como vcs podem notar no mapa a seguir, a trilha G20 (180km) atravessa a ilha de sudeste a noroeste. 

Diversão em grupo

O G20 é considerada uma das trilhas mais longas e mais difíceis da Europa e é, obviamente, um grande desafio para os hikers aventureiros, não sendo recomendada para beginners.

Visual inesquecível

Claro que o prêmio por tamanho desafio são paisagens estonteantes, em qualquer época do ano (dê uma olhadas em imagens do google da G20).

G20 - desafio compensador para não iniciantes

ESTRATÉGIA PARA CONHECER AS MONTANHAS - ONDE FICAR

Mas quer uma notícia boa?
Vc não precisa ser nenhum "master" trilheiro para curtir as belezas da G20. 
Vc pode "cortar caminho" com seu carro alugado e conhecer trechos belíssimos da trilha.

Panorâmica a partir de Bavella

Não chega a ser "cheating" (trapaça)....kkkk....mas não deixa de ser uma dose sensível de esperteza :-)

Panorâmica nos arredores de L'Ospédale

Em suma, para conhecer trechos interessantes das montanhas da Córsega, a dica é escolher uma base estratégica para hospedagem que facilita a subida a um trecho da montanha de sua escolha. 


Trilhas...vai encarar?

No meu caso, havia recebido dicas ótimas de meus amigos de trabalho franceses sobre os picos da Bavella (ver mapa do G20 acima). Assim, pela proximidade, não hesitei em montar base num hotel para lá de familiar próximo a Porto Vecchio.

Bavella

Nome do hotel/casa? Maison Tavolara (http://tavolara.fr/).

Vista da varanda nosso hotel - Maison Tavolara
Hotel meio estilo airbnb com um casal de proprietários super simpáticos que nos forneceram dicas preciosas de passeios na ilha. Na  verdade, vc aluga bangalôs na propriedade do casal, mas o café é servido na varanda da casa principal. Excetuando uma internet meio fraca, recomendo com empenho o hotel/casa.

Vistas panorâmicas em todo lugar

Detalhe: esse lado da Córsega (perto de Porto Vecchio) é bem caro e sofisticado, portanto, um hotel estilo casa é sempre uma boa pedida para reduzir custos e criar uma situação que lhe permite conhecer e até fazer amizade com moradores locais . 

Lagoa no caminho para L' Ospédale

ESTRATÉGIA PARA CONHECER AS MONTANHAS - DESLOCAMENTO

No quesito "deslocamento", não tem jeito, vc precisa de carro. Até tem transporte público (ônibus e trem) que permite descolamentos entre as cidades mais importantes da ilha: Bonifácio, Porto Vecchio, Figari, Ajaccio, Bastia, Calvi etc.

respire o verde
Entretanto, se vc quiser explorar bem os recantos, as montanhas, as cachoeiras....carro é "um must" para lhe dar liberdade.



Assim, quando meus dias de estadia em Bonifácio acabaram, peguei um transfer de 30' até o aeroporto de Figari e lá aluguei um carro. Detalhe: podia ter alugado o carro em Bonifácio, mas saía U$100 mais caro do que no aeroporto, ou seja, valeu a pena perder 30' e pagar o transfer. 😁  (economia sempre...kkk).

abrace o mundo

Do aeroporto de Figari até meu novo hotel (Maison Tavolara) não dava 1h de carro.

O QUE FAZER

Estando instalado nas proximidades de Porto Vecchio, monte sua programação de forma a sair cedo do seu hotel para subir a montanha em direção aos picos de Bavella e assim aproveitar bem o dia.

Paisagens do caminho

Cerveja Corsa

A paisagem no caminho das montanhas é simplesmente BELÍSSIMA! 

Lagos, florestas, montanhas e vilarejos simpáticos demais. 

Contemplação

L'Ospédale e Zonza são vilarejos muito charmosos. Uma parada em Zonza para um café e para saborear uma patisserie francesa é quase mandatório. :-)

Zonza - vilarejo charmoso no alto da montanha

Pare à vontade no caminho e não esqueça de respirar fundo. A floresta deixa o clima ameno e o ar com aquele delicioso cheiro de verde.

God Bless us all

Quando chegar literalmente no pico de Bavella, estacione e passeie pelo local. Aprecie sem moderação o visual estonteante e inspirador das montanhas. 

Bocca di Bavella

O visual se estende até as praias no litoral.  FANTÁSTICO!!

Em Bavella, passeie pelo local, respire o verde e o ar puro das montanhas

Do pico, saem inúmeras trilhas (não só a G20) para percorrer as montanhas e florestas da região. 

Escolha a sua trilha

As trilhas tomam tempo, mas tem seus atrativos, sendo o principal o contato  direto com a natureza exuberante. 


Há instruções e cartazes indicando os caminhos e o tempo médio de cada percurso. 

Vc verá muitos trilheiros de diferentes idades se aventurando pelas matas. 
Se vc estiver no mood e trilhas forem "sua praia", não hesite, vai fundo!

Corredeiras de água cristalina

Piscia di Gallo waterfall (1h30'trilha) e Piscines Naturelles De Cavu eram algumas das opções de trilha.

Mergulho rejuvenescedor

Pessoalmente, preferi arvorar as trilhas longas e continuar rodando de carro em direção à Solenzara, no litoral, pois possuía uma dica preciosa de nossos hosts.


Qual era a dica?

No caminho para Solenzara, ou seja, já na descida a partir de Bavella, a cerca de 10km de Solenzara, vc começa a ouvir barulho de corredeiras de rios e cachoeiras. 


Não demora muito, no meio do nada, eis que de repente vc começa a notar alguns carros parados nos inúmeros canteiros da estrada.

Que achado!!! Obrigado Maison Tavolara pelas dicas!

Opa...carro parado? hummm....deve ter coisa por aqui. 
Paramos também. Resultado?

Muito bom....águas cristalinas e quentes....cachoeiras de Solenzara

Simplesmente sensacionais cachoeiras! Verdadeiras piscinas de águas cristalinas, como mostram as fotos deste post. Água corrente percorrendo as pedras e formando lagoas de água doce no meio da floresta, a poucos metros da beira de estrada. Visão do paraíso.

pintos no "lixo" :-)
No auge do verão europeu, passamos a tarde curtindo e eternizando momentos nessas águas.

Eternizando o momento - tchibum estiloso....kkkk

Coordenadas para seu GPS de "estacionamentos" que dão para as incríveis cachoeiras/lagoas de Solenzara: 

a) 41°50′01.84″N 09°19′05.27″E
b) 41°49′57.15″N 09°18′38.28″E
c) 41°50′33.61″N 09°18′03.95″E

Vai à praia?

Aproveitando que só anoitecia 21:00, depois das cachoeiras, seguimos, ainda em estado de êxtase, no caminho até Solenzara

"praia" de cachoeira...coisas da Córsega

Chegando em Solenzara, planejamos no GPS a rota de volta toda ao hotel, passando pelo litoral, ou seja, costeando as praias da costa sudeste e ainda colocando Porto Vecchio no caminho.

Fizemos então um pit stop estratégico de fim de tarde em Porto Vecchio, que é um daqueles vilarejos típicos franceses, só que com altas doses de sofisticação turística. 

Porto Vecchio

Cidadela (cidade alta), Centro antigo e Porto (Quai d’ honneur) eram os locais altamente charmosos dessa marcante cidade, que ainda contava com diversos bares, restaurantes, padarias e, é claro, sorveterias.

Porto Vecchio

Fizemos um passeio a pé pela cidadela, seguido de um lanche acompanhado de sorvete e  pausa para contemplar um people watch. Finalmentecansados, mas realizados, voltamos para o hotel.


No dia seguinte, ainda tendo como base o bom "Maison Tavolara", com mais dicas de nossos hosts, fomos conhecer as praias do lado sudeste da Córsega: plage Palombaggia, plage Santa Giulia e plage Rondinara são os destaques da região. 

Mas quer saber? Depois de rodar pelas praias corsas, confesso que concluí que a Sardenha é bem mais forte nesse quesito (exceção às Ilhas Lavezzi do último post). Ficamos exigentes e mal acostumados....sorry!! :-)

As praias corsas são lindas, mas a Sardenha nos deixou exigentes ;-)

Bom...como ainda are início da tarde...adivinhem? Colocamos o pé na estrada e voltamos para as cachoeiras de Solenzara....não dava para ir embora sem voltar lá, né?

Dá para resistir?
Vai um mergulho aí?

No dia seguinte, acordamos cedo e seguimos para a capital Ajaccio, a famosa capital, terra de Napoleão. 
Mas isso é motivo para outro post....

ATÉ BREVE....se gostaram, já sabem: por favor, divulguem! 

Contemplação
Bençãos e agradecimentos antes de partida

domingo, 22 de outubro de 2017

CÓRSEGA - A ILHA DA BELEZA (ÎLE DE BEAUTÉ )

BONIFÁCIO E ILHAS LAVEZZI - A INVEJÁVEL VIDA DOS CORSÁRIOS

BONIFÁCIO - CIDADE SÍMBOLO DA CÓRSEGA

Se vc vem acompanhando todo o roteiro dessa viagem, aqui estão os principais links anteriores:

ILHAS LAVEZZI - PARAÍSO MARINHO NA CÓRSEGA

a) Planejamento da viagem e do roteiro (link aqui)
b) Sardenha - Costa Esmeralda (link aqui)
c) Sardenha - Golfo di Orosei (link aqui)
d) Sardenha - Arquipélago La Maddalena (link aqui)
e) Sardenha - Sul de Olbia (link aqui)

VISTA DA MARINA DE BONIFÁCIO A PARTIR DA CIDADELA

Após a Sardenha, finalmente a viagem aterrisa na Córsega. 

BONIFÁCIO - VILAREJO DEBRUÇADO NUMA BELA FALÉSIA

A Córsega é aquele tipo de ilha simplesmente PERFEITA. Não é à toa que é conhecida mundialmente como île de beauté (diz-se "íle de botê" em francês) ou ilha da beleza.


ÁGUAS TURQUESAS

Como falei lá no post de planejamento, depois que vi um programa sobre a Córsega num Globo Repórter (link aqui(sim, a TV Globo não produz só lixo!), simplesmente virou obsessão conhecer. 



POR QUE?

PAISAGENS DA CÓRSEGA

TÁ BOM....JÁ QUE VC INSISTE... 

Quer praias lindas? A Córsega tem.
Quer montanhas com muito verde? A Córsega tem. 
Quer cachoeiras de cair o queixo? A Córsega tem.
Quer centenas de trilhas panorâmicas para todos os gostos e físicos (a G20 é famosíssima!)? A Córsega tem.
Quer vilarejos históricos e charmosos? A Córsega tem
Quer boa comida, boas bebidas (cerveja, vinhos etc.), boa música e conhecer boas tradições? Vem para Córsega. 😀 

VISTA DA CIDADELA A PARTIR DA MARINA

Para completar, como atualmente trabalho numa empresa com muitos franceses, foi relativamente fácil ser convencido (como se precisasse 😀 🙈 🙏) de que uma viagem à Córsega ia me fascinar e me revelar uma França bem diferente da França continental tradicional.

O PASSEIO À LAVEZZI É "OBRIGATÓRIO"

By the way, os corsos estão para a França assim como os catalães estão para a Espanha. Volta e meia rola um movimento separatista e os corsos, apesar de altamente simpáticos conosco (acho que todo mundo gosta de brazucas, exceto nossos políticos!), não costumam ser simpáticos em geral (muito menos com os franceses tradicionais). Vc percebe isso nos xingamentos nas estradas... 😅 😅 

TODOS CAMINHOS LEVAM A UMA BELA PRAIA

A bandeira Corsa já meio que revela que os Corsos tem uma história rica em guerras internas e externas, invasões, expulsões...enfim uma alta dose histórica de passado sangrento que fez os caras serem meio "patriotas casca grossa" mesmo. Mas, não se assuste! Para o turismo, não existe lugar melhor e mais acolhedor!

UMA VEZ NA CÓRSEGA...ABRAÇE O MUNDO DOS CORSÁRIOS
SÍMBOLO MAIOR DA CÓRSEGA


COMO ESCOLHER SEU ROTEIRO NA CÓRSEGA


PANORÂMICA DA CIDADE

Por ser uma ilha relativamente grande, mais uma vez tive que priorizar o que queria conhecer. Depois de estudar as muitas atrações em vários blogs (agradeço e dou créditos a todos ao fim do post), confesso que optei pelo sul da Córsega por comodidade e porque pretendo voltar para fazer a parte central e a parte norte. 

UMA DAS MIL PANORÂMICAS DE LAVEZZI

Assim, meu roteiro incluiu Bonifácio (a cidade imperdível "must see" da Córsega), a charmosa e sofisticada Porto Vecchio e arredores, as montanhas de Bavella, as cachoeiras de Solenzara e, finalmente, a capital Ajaccio, terra de Napoleão. Todas serão motivos de posts próprios. 


PAISAGEM SURREAL EM LAVEZZI

Este post é sobre Bonifácio e suas ilhas Lavezzi.

VISTA DA MARINA A PARTIR DA CIDADELA

Deixei para uma próxima viagem (mas anota aí): 

Porto - Calanches de Piana e a Reserva Natural da Girolata
Calvi - quai du landry, notre dame de la serra e citadela
Sant Antonino - cidadela medieval que dizem oferecer lindas vistas das montanhas até o mar
Ile Rousse - Farol de La Pietra, Place Pascal Paoli
Corte - outra cidade natal de Napoleão, cidadela/castelo.

COMO CHEGAR


MARINA

Vc pode chegar à Córsega:

  • by plane por um dos três principais aeroportos: FIGARI, AJACCIO (a capital) e BASTIA ou 
  • by boat, que foi meu caso.

Existem trocentas airlines (low/regular cost) que ligam a Córsega aos principais aeroportos da Europa. 


Dica: Pesquise nesse site (http://www.flylc.com/directall-en.asp) e faça sua seleção.  Eu cheguei de barco, mas saí, rumo à Bélgica, usando a eficiente e barata cia aérea "air corsica".

No meu caso, como vinha da Sardenha, peguei o ferry de STG (Santa Tereza Gallura) até Bonifácio. Percurso de 1h.

VISTA DA CIDADE A PARTIR DO FERRY DE SANTA TEREZA GALLURA PARA BONIFACIO

Duas cias marítimas fazem o percurso:


CANAL DE ACESSO À CIDADE

Custou 29 euros/pessoa (preços de jun2017). 

Compra-se na hora mesmo. Cheguei de ônibus em STG, vindo do aeroporto de Olbia, e em 10/15min andando pela simpática cidade estava no terminal de ferry.

A travessia de barco/ferry de STG (Sardenha, Itália) até Bonifácio (Córsega, França) por si só já é um espetáculo. A chegada é coisa de cinema. Vc tem uma vista deslumbrante da cidade debruçada sobre os penhascos de pedra. 
Visual incrível. Cartão postal!

CHEGADA À CÓRSEGA DE FERRY

ONDE FICAR


RAMPA RASTELLO

Bonifácio é dividido em duas partes: cidade baixa (porto/marina) e cidade alta (ou cidadela). 

MERGULHE SEM MODERAÇÃO 

Cada parte tem sua "vibe".

Como viemos de ferry e estávamos arrastando malas (não muito pesadas 😃), preferimos montar base na cidade baixa e bem perto do porto/marina que é uma área muito agradável, cheio de restaurantes, bares e lojas...muito legal.

CHEGANDO AO HOTEL

Ficamos no Best Western Hotel du Roy d'Aragon - hotel simples, funcional, com bom wifi e perto de dois mercadinhos onde comprávamos nosso café da manhã e alguns petiscos (charcuterie) sabor local.



O QUE FAZER


Reúna fôlego, suba a rampa e comece visitando a parte alta (cidadela) de Bonifácio.

A subida da rampa Rastello é bem íngreme, mas as vistas lá de cima e a própria cidadela são espetaculares.


No alto, a rampa Rastello termina numa bifurcação. 

À esquerda da bifurcação, uma trilha cênica de três quilômetros acompanha o litoral e termina na Ponta Pertusato, o extremo sul da Córsega. Nesta Ponta fica situado o farol de mesmo nome. 


DO ALTO DA RAMPA RASTELLO

Essa trilha é um dos percursos favoritos na região para quem gosta de caminhar e oferece um visual de por de sol incrível. 
O problema (ou não) é que em junho o sol se põe mais ou menos 21:00. 
😅  🙈  🙇

FAROL DE PERTUSATO

À direita da bifurcação, uma outra rampa bem curta escala a muralha e leva à Porte de Gènes (Porta de Gênova), que é o portão principal de acesso de pedestres à cidade antiga (cidadela).

LOJAS NA CIDADELA

Bastion de L'Étendard - A entrada fica situada na  parte interna da Porte de Gènes, o portão da cidadela,  e o ingresso custa €2,5. 


ENTRADA DA CIDADELA

É nessa bifurcação que aparece um dos cartões postais mais famosos de Bonifácio, o das casas na quina do rochedo totalmente debruçadas sobre o precipício que faz ângulo agudo com o mar, tal qual uma proa de navio. 

Visual inesquecível, especialmente no anoitecer, com o sol se pondo atrás das casas. 


Ainda junto à bifurcação e junto ao litoral se encontra outro ícone natural da cidade, a pedra do Grain de Sable (Grão de Areia), com forma de cogumelo que se ergue do mar junto ao penhasco. 

O GRÃO DE AREIA - ESTA PEDRA NO MEIO DO MAR
LÁ NO FUNDO O FAROL - 3KM DE TRILHA, BOM PARA IR NO POR DO SOL

Quem curte visuais arrebatadores não deve deixar de passar pelas Places du Marché e de la Manicchela. As vistas obtidas dali para o Grain de Sable e os rochedos de calcário até o Farol Pertusato são também sensacionais. 


AS VISTAS SÃO LINDAS DE TODOS OS LUGARES


PRACINHAS NA CIDADELA

Les escaliers Du Roy d’Aragon (2,5E) - caminhando um pouco mais pela parte que costeia o penhasco, vc se depara com a famosa escadaria, que corta a rocha como se fosse um grande rasgo em diagonal. 


VAI ENCARAR?



AS ESCADAS FORMAM UMA FENDA NO PENHASCO
Feita há milênios, a escadaria conta com uma história interessante sobre ter sido escavada em uma só noite a mando do Rei de Aragão para refúgio de soldados que protegiam a cidade. Ela  é bem íngreme e possui degraus bem altos. 


OS DEGRAUS NÃO SÃO PEQUENOS, MAS O MAR....

Portanto, representa uma subida fisicamente complicada, mas com um visual bem interessante que, para mim, compensou o esforço.

VISTA DA ESCADARIA A PARTIR DO MAR

Dica: faça apenas se vc estiver com bom preparo físico. Se não estiver, fique tranquilo que o passeio de barco para Lavezzi vai lhe permitir, na volta, um bom visual do local.

VISUAL A PARTIR DO MAR

Cemitério Marinho - Depois de conhecer a escadaria, continue andando no sentido da ponta da península. Passado o cemitério, chega-se finalmente a uma visão soberba da boca do canal e dos penhascos que a circundam. 


NOTE QUE TEM PESSOAS LÁ EM CIMA O PENHASCO

Pode-se andar pelas ruínas de um forte e, em dias claros, se avista até a Sardenha do outro lado do estreito. Este é ainda o melhor ponto para se apreciar o Farol de Madonetta, em vermelho e branco, estrategicamente situado sobre um rochedo e que orienta as embarcações que entram no canal desde 1854, inclusive o ferry que pegamos de STG para Bonifácio. 

E é no meio dessa área descampada que aparece a entrada da outra atração que exige preparo físico das suas pernas, o Gouvernail. Trata-se de um túnel que penetra na terra, saindo numa abertura ao nível do mar bem na embocadura do canal da marina. 
GOUVERNAIL - LEME EM FRANCÊS

O túnel foi cavado a mão em 1880, e serviu de abrigo durante a Segunda Guerra Mundial. 


GRUTAS...MUITAS GRUTAS...VISITADAS NO PASSEIO DE BARCO

A abertura para o mar se dá diante de uma pedra que sob determinado ângulo parece o leme de uma embarcação, daí o nome (gouvernail) em francês. Não fiz o passeio, pois já estava cansado e, a esta altura, já sabia da dica de conhecer de barco o local.


Ilhas Lavezzi - passeio imperdível. Um conjunto de ilhas bem desertas, com pouca ou nenhuma sombra, mas que possui praias lindíssimas. As ilhas são o ponto mais ao sul do território francês.

CADA PRAIA MAIS BONITA DO QUE A OUTRA EM LAVEZZI

Pegue o passeio de barco na marina de Bonifácio. Não precisa reservar. Tem vários horários de saída e de retorno. 

EXPLORE AS ILHAS LAVEZZI À VONTADE

Dica: pegue o barco cedo. Explore e curta as lindas praias da ilha pelo tempo que lhe convier e se planeje para pegar um do barcos no fim de tarde.


POUCA SOMBRA....E PRECISA?? 🙏  😎  😎


Leve comida (snacks para seu lanche/almoço), muita água e, é claro, seu snorkel, se gostar de mergulhar. 


IMPOSSÍVEL DE RESISTIR A ESSAS ÁGUAS COR TURQUESA, CERTO?

As praias oferecem águas cor de turquesa e uma tranquilidade incomum no verão.

ESCOLHA UMA PRAIA PARA CHAMAR DE SUA

Na volta, o barco passa perto de alguns pontos muito bonitos (grutas, farol, grain de sable, escada do rei Aragão etc.) e o guia vai nos prestigiando, em francês (felizmente, os 4 anos de aulas de francês do CAP-UERJ serviram para alguma coisa 😆 😉 ...merci..) com as curiosidades sobre os locais.

LAVEZZI

À noite, vc tem a opção de curtir o lado mais animado e jovial na marina (parte baixa) ou subir a rampa de novo e curtir os diversos charmosos bares/restaurantes na cidadela (parte alta) que costumam brindar seus visitantes com boa música ao vivo. 


CIDADELA E MARINA AO FUNDO

Como ficamos em Bonifácio por duas noites, cada noite foi curtida numa parte da cidade. Preferimos a parte alta...acho que é a idade...😅 😅 

PARA GUARDAR NA MEMÓRIA...VAI SER DIFÍCIL ESQUECER

De Bonifácio, alugamos um carro (reservado do Brasil) e seguimos para nossa próxima base em Porto Vecchio. Mas isso é papo para outro post.

AU REVOIR BONI

Abraço. Se gostar do post, já sabe...divulgue! ;-)
ATÉ A PRÓXIMA...





Posts úteis (agradeço a todos autores):
https://www.conexaoparis.com.br/2011/07/25/os-lugares-mais-bonitos-da-corsega-bonifacio/
http://www.mochileiros.com/corsega-a-ilha-da-beleza-de-norte-a-sul-t88145.html
http://www.bonifaciocorsica.net/lavezzi-islands.html
http://www.viagemcomcharme.com/corsega/
http://albumdeviagens.blogspot.com.br/2016/01/bonifacio-cidade-mais-bonita-da-corsega.html